• Procuradorias
  • PRT Belém
  • Movimento Emaús recebe reversão de recursos proveniente de indenização em processo trabalhista

COMUNICADO

comunicado covid atualizado

Movimento Emaús recebe reversão de recursos proveniente de indenização em processo trabalhista

Em ação de autoria do MPT, Associação Escola Amintas Pinheiro e Sociedade Civil Integrada Madre Celeste pagaram R$ 30 mil por descumprir normas de proteção do trabalhador

A Organização Não Governamental Movimento de Emaús foi beneficiária de reversão feita pelo Ministério Público do Trabalho PA/AP (MPT), resultante de condenação imposta à Associação Escola Amintas Pinheiro e à Sociedade Civil Integrada Madre Celeste, no valor de R$ 30 mil, por danos morais coletivos. O recurso foi investido na reforma do prédio da ONG, na aquisição de roupas cenográficas para atividades socio pedagógicas, na compra e recuperação de instrumentos musicais e na melhoria de outras atividades desenvolvidas pela instituição.

Após uma Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público do Trabalho PA/AP (MPT) contra a Escola Amintas Pinheiro e a Sociedade Civil Madre Celeste, a 1ª Vara do Trabalho de Ananindeua determinou que ambas cumprissem normas legais de proteção do trabalho e pagassem indenização por danos à coletividade. Entre as obrigações impostas às rés constam: efetuar regularmente o pagamento do 13° salário; realizar pagamento de salários até o 5º útil de cada mês; abster-se de cometer, por qualquer um de seus funcionários, práticas vexatórias, ultrajantes, humilhantes ou qualquer outra situação que caracterize assédio moral ou ameaças descabidas de demissão; entre outras.

Emaús

O movimento de Emaús atua com crianças e jovens em situação de vulnerabilidade e exclusão social na região norte, trabalhando na promoção de direitos, inserção no mercado de trabalho, combate à explosão sexual, abuso e trabalho infantil. Em atividade há mais de 40 anos, a instituição se mantém por meio de doações de voluntários.

Graças à reversão de recursos, a instituição conseguiu reformar seu refeitório, a sala e antessala de teatro, reparar os filtros de água, comprar roupas novas para o teatro e atividades socioeducativas, reparar aparelhos de ar condicionado das salas de computação, providenciar a instalação de duas tendas para apresentações de espetáculos, além de reformar banheiros e efetuar outros reparos no prédio.

ACP: 0000408-09.2017.5.08.0111

*Foto: divulgação Emaús

Ministério Público do Trabalho
Assessoria de Comunicação

Imprimir