COMUNICADO

atendimento-reduzida

MPT participa de sessão de contação de histórias na comunidade quilombola do Curiaú (AP)

Crianças ouviram atentas a leitura do livro da escritora Ângela Carvalho “Pescadores de Sonhos”, impresso com recursos revertidos pelo Ministério Público do Trabalho

O aniversário de Dona Esmeraldina Santos, matriarca da comunidade quilombola do Curiaú, em Macapá, reuniu diversas personalidades no último dia 11 de janeiro. Além de músicos renomados na região, o evento teve as presenças da escritora Ângela Carvalho e da procuradora do Ministério Público do Trabalho (MPT) no Amapá Ana Lúcia Stumpf, que participaram de uma sessão de contação de histórias às crianças da comunidade.

Um dos livros escolhidos foi “Pescadores de Sonhos”, escrito por Ângela e que trata sobre a temática do trabalho infantil. 3 mil unidades da obra foram impressas a partir de reversão feita pelo MPT, com recursos provenientes de processos judiciais contra as empresas Alvo Comercio e Serviços Ltda. e Servi San Ltda., totalizando R$ 38.640, 00. Todas as crianças presentes na data receberam exemplares da publicação, além de cartilhas do Ministério Público do Trabalho sobre o trabalho precoce.

De acordo com a procuradora Ana Lucia Stumpf, um lote de “Pescadores de Sonhos” será entregue à escola frequentada pelas crianças quilombolas. Para ela, o momento da contação de história teve um importante valor simbólico, “ver essas crianças sentadinhas, escutando uma história, prestando atenção nos detalhes, num momento de paz, foi muito bonito. Em tempos de celular e vídeo games, é um momento raro e mágico”, avalia.

A leitura da obra foi feita pela própria escritora Ângela Carvalho, que também autografou os livros entregues às crianças. A distribuição dos exemplares seguirá em outros eventos realizados pelo MPT ao longo do ano de 2018.

N° Processos MPT:
PAJ 000184.2015.08.001/6
PAJ 000178.2017.08.001/0 - 52

Ministério Público do Trabalho
Assessoria de Comunicação

 

Imprimir