Sobre a Reforma Trabalhista

MPT e TRT8 assinam termo para uso de aplicativo que registra acidentes e riscos laborais

SIMVIDA, desenvolvido pelo Tribunal Regional do Trabalho, está disponível em sistemas Android e IOS

Um aplicativo de celular, desenvolvido pelo Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, identificará e registrará situações de acidente ou risco laborais na jurisdição do Pará e Amapá. Neste mês de março, a desembargadora presidente do TRT8, Suzy Koury, e o procurador-chefe do Minsitério Público do Trabalho (PA/AP), Hideraldo Machado assinaram um termo de cessão de uso do aplicativo SIMVIDA e bancos de dados para as finalidades institucionais.

Segundo o termo, o TRT8 está incumbido de auxiliar no treinamento dos servidores do MPT e da Superintendência Regional do Trabalho (SRT/PA) para a utilização dos dados levantados pelo aplicativo. Quanto ao MPT, o órgão deverá manter atualizadas as tabelas de índices financeiros e previdenciários do sistema.

Para o procurador-chefe Hideraldo Machado, o Ministério Público do Trabalho tem duas missões básicas: “investigar e postular, e toda investigação parte de uma denúncia, que pode vir de vários meios, inclusive esse que a modernidade nos traz. MPT e Justiça do trabalho precisam ficar atentos ao risco e trabalhar fortemente a prevenção”, disse. No mesmo viés, a desembargadora presidente Suzy Koury reforçou a parceria entre os órgãos, “separados somos fracos, juntos podemos trabalhar melhor preventivamente”, concluiu.

 

Ministério Público do Trabalho
Assessoria de Comunicação

Imprimir